Realidade Mal Compreendida

1 set
Existe uma relação direta entre machismo e violência contra a mulher.
O machismo está diretamente relacionado com a criação do indivíduo, tanto homem quanto mulher.
Porque a mãe ensina as MENINAS a ajudarem nos afazeres domésticos desde cedo enquanto os MENINOS assistem futebol com o pai?
(existem as excessões, é claro, estou generalizando)
Muito complicado quando você, mulher, sofre qualquer tipo de violência (que seja moral, física, etc) ou intimidação.
Hoje já cheguei xingando os homens no twitter.
Em um trajeto de aproximadamente 40 min, de casa ao trabalho, fui fechada descaradamente por 2 homens de uns 45/50 anos, um garoto que nitidamente era novo de carta, portanto uns 18 anos e fui intimidada na Castelo Branco por um careca meio gordinho com uns 45 anos. Ele ficou forçando que eu acelerasse acima do limite de velocidade e perto do único radar existente, lógico que não acelerei, estava na pista dita como “lenta” à 100 km/h e com a seta ligada indicando que entraria na próxima ponte, portanto, ele não tinha razão nenhuma.
Ao nosso lado e na frente estavam caminhões, mesmo que eu quisesse eu não conseguiria sair e dentro do carro estavam eu, mulher, 25 anos e minha tia, uma senhora de 62 anos.
O poder, e a sensação de “sou um homem foda” o fez me ultrapassar pelo acostamento (super seguro e correto) e me fechar bruscamente. A troco de quê? O lixo do ego masculino? Parou o carro, me perseguiu, tocou o terror .. triste ..
Ele iria se dar mal caso quisesse me agredir .. faço luta .. e aí? Só teria que torcer para ele não ter uma arma né? rs .. falou a valente .. rs
 Valeria a pena estragar o meu dia me envolvendo em uma briga de trânsito com um gordinho, careca, provavelmente impotente, próximo ao enfarto e que não sabe se quer fritar um ovo? Quem dirá ser conhecedor de leis de trânsito…só mais um simples ignorante.
O Brasil é um país com uma cultura machista.
É lindo ver seu filho aos 14 anos dirigindo o carro do papai enquanto a menina só vai aprender a dirigir na auto escola.
Fantástico é a aceitação das próprias mulheres para esse tipo de criação de seu filho. Balé é coisa de “viado” (desculpe essa expressão tosca) e luta é coisa de “macho” (mais uma expressão péssima).
Só para contradizer: sou bailarina clássica, odalisca, sapateio e danço jazz, além disso sou faixa marrom em karatê e iniciei recentemente MMA.
E então?
Como explicar meu melhor amigo ser coreógrafo renomado e pai de três filhos homens???
Mulheres conseguem trabalhar, estudar, educar os filhos, pagar as contas (pq apesar de sermos consideradas consumistas o record de inadimplencia adivinha de que “raça” é?), cozinhar, cuidar do cachorro, gato, passarinho, e o melhor: CONTINUAMOS MULHERES.
Vamos ao salão, estamos sempre bem vestidas, perfumadas e maquiadas.
Chegamos em casa e a última coisa que fazemos é sentar no sofá e assistir a droga do futebol de quarta feira.
Lemos mais livros, somos mais cultas, e em alguns casos até mais inteligentes, ah, mas não nos vangloriamos disso o tempo todo, não precisamos nos auto afirmar e ficar coçando as partes íntimas, rs
(tá ok, amigos homens, estou generalizando outra vez, rs)
E é nisso que eles confundem entre quem é mais forte .. sob qual ponto de vista ..
Desculpem, mas homens vocês estão longe, e muito longe mesmo de serem considerados os seres domininates da matilha ..
E mulheres, a culpa do engrandecimento exagerado às qualidades e benfeitorias masculinas é nossa também.
Se vcs tiverem aproximadamente a minha idade, ainda terão vindo de uma criação machista, mas se forem mais novas talvez tenham escapado em algum detalhe…
Tive o desprazer de ver todos os dias a minha mãe ser uma submissa, cuidar dos filhos e da casa, nunca ser ela em primeiro lugar, sempre os filhos e maridos, mas por trás disso ela sempre dizia:
“Estuda minha filha, que eu não quero ver você esquentando a barriga no fogão! Filha minha não vai ser mandada”.
Quando casei, sofri um bocado com meu marido falando “vc não passar aspirador?” “e essa louça” .. rs .. quase caí na dele .. mas respondia coisas como “sua mão tá com lepra??” .. triste .. mas agora somos parceiros e muito me orgulha isso
Agora mulheres, é a nossa vez de mudar o que virá. De incluir os homens na nossa vida como parceiros e não como líderes.
De ensinar aos nossos filhos homens que eles são iguais sim às mulheres em se tratando de direitos e deveres.
Valores vem de casa .. nós temos ..
e devemos mudar os que não tem.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: